Skip to main content

Prorrogado o prazo do Imposto de Renda 2021: veja as vantagens de entregar antecipadamente

12 abril 2021
Rodrigo Ferreira

A Receita Federal do Brasil divulgou hoje de forma oficial a já esperada
prorrogação do prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda da Pessoa
Física em 2021.

Entretanto, a medida, já publicada no Diário Oficial da União, adia o
prazo por 31 dias e não por 90 dias, como previsto no projeto que está tramitando
no Congresso Nacional.

Qual o novo prazo de entrega da declaração de IR em 2021 após a
prorrogação?

O novo prazo de
entrega do IRPF é 31 de maio de 2021. O prazo anterior terminaria no último dia
do mês de abril.

O pagamento do DARF de Imposto de Renda também foi prorrogado?

Sim. O vencimento do
pagamento em quota única ou da primeira parcela foi prorrogado para 31 de maio
de 2021. O vencimento anterior para esses pagamentos era previsto para 30 de
abril de 2021.

Como ficam a Declaração Final de Espólio e a Declaração de Saída
Definitiva do País?

O prazo de entrega da
Declaração Final de Espólio e de Saída Definitiva do País também foram prorrogados
para 31 de maio de 2021, bem como dos impostos a pagar referente a essas
declarações.

Vantagens de transmitir o Imposto de Renda de forma antecipada

Veja abaixo quais são
as vantagens para quem entrega ao Fisco a declaração de forma antecipada e não
deixa para a última hora:

– Quanto antes a
declaração for transmitida, mais cedo o contribuinte receberá a sua restituição
(caso tenha valores a serem restituídos);

– O risco de perder o
prazo de entrega por imprevistos e problemas de última hora é menor, e caso o
contribuinte esteja obrigado a fazer o recolhimento de algum valor se cálculo
apresentar imposto a pagar, evita o pagamento de multa e juros;

– Ao iniciar de forma
antecipada a elaboração da declaração, é bem provável que o contribuinte reúna
a documentação e faça o preenchimento com muito mais calma, o que reduz consideravelmente
as chances de ocorrerem erros no preenchimento da declaração;

– Caso o contribuinte
se lembre de algo que se esqueceu de informar ou identifique alguma incongruência,
ainda haverá tempo hábil para transmitir a declaração de retificação dentro do
prazo correto;

– Se o contribuinte
pretende antecipar o valor da sua restituição por meio instituições bancárias e
de crédito para efetuar o pagamento de dívidas que possuem taxas de juros mais
elevadas, por exemplo, mais rápido o contribuinte poderá quitar esses débitos (juros
do cheque especial e empréstimos por exemplo).

Não perca todas as
novidades e informações sobre esta temporada de Imposto de Renda Pessoa Física aqui no blog e também em todas as nossas páginas nas redes sociais!

Rodrigo Ferreira

Gerente de Atendimento e
Marketing

CRC 1SP334423/O-8